Posts Tagged ‘times new viking’

The World’s Lousy With Ideas Vol. 8 (VA)

23/12/2009


The World’s Lousy With Ideas Vol. 8. [2009] <- Download

O selo Almost Ready Records surgiu no Brooklyn em 2007. Desde então, seu fundador, Harry Howes, já prensou oito edições da The World’s Lousy Series. Os vinis de sete polegadas compilam bandas americanas que têm recebido o rótulo modista “shitgaze“. Após sete EPs já esgotados, Harry resolveu lançar o oitavo volume no formato LP, reunindo faixas inéditas dos principais nomes do noise pop que tem sido produzido neste fim de década. Então, antes de baixar qualquer mixtape de melhores do ano, te aconselho a ouvir a sensacional The World’s Lousy With Ideas Vol. 8.

Apesar de não constituírem uma cena ou definirem um sub-gênero, as nove bandas selecionadas parecem partir de uma mesma proposta: forjar uma versão suja e urgente para o rock dos anos 60. Esta opção estética permite percorrer diferentes caminhos, que levam, por exemplo, ao indie pop das Vivian Girls, à psicodelia psicótica do Thee Oh Sees e ao som garageiro do Intelligence. Outros dois queridinhos do Last Splash aparecem na coletânea: Times New Viking e Blank Dogs (única em que os anos 80 falam mais alto). E vale mencionar que a maioria dessas bandas já passou pela In The Red, que, depois de uma década de entressafra, está com um cast foda.

Times New Viking - A Lot of Paintings
Guinea Worms - Soiled SenderTyvek - Flowers

O selo Almost Ready Records surgiu no Brooklyn em 2007. Desde então, seu fundador, Harry Howes, já prensou oito edições da The World’s Lousy Series, onde compila, em vinis de sete polegadas, bandas que muitas vezes têm recebido o rótulo modista de shitgaze. Após sete EPs já esgotados, Harry resolveu lançar o oitavo volume no formato LP, e para isso reuniu faixas inéditas dos principais nomes do noise pop que tem sido produzido neste fim de década. Então, antes de baixar qualquer mixtape de melhores do ano, te aconselho a ouvir a sensacional The World’s Lousy With Ideas Vol. 8.

Apesar de não constituírem uma cena ou definirem um sub-gênero, as nove bandas selecionadas parecem partir de uma mesma proposta: forjar uma versão suja e urgente para o rock dos anos 60. Esta opção estética permite percorrer diferentes caminhos, que levam, por exemplo, ao shoegaze das VivianGirls, à psicodelia psicótica do Thee Oh Sees e ao som garageiro do Intelligence. Outras duas bandas queridinhas do Last Splash aparecem na coletânea: Times New Viking e Blank Dogs – a única em que os anos 80 falam mais alto. E vale mencionar que a maioria dessas bandas já passou pela In The Red, que, depois de uma década de entressafra, está com um cast foda.

Times New Viking – Born Again Revisited

25/08/2009

born_again_revisited

Born Again Revisited [2009] <- Download

A campanha Fuck Your Blog, aliada à ótima promoção envolvendo a pré-encomenda do novo álbum do Times New Viking, é uma das estratégias de lançamento mais simples e inteligentes que um grupo já desenvolveu desde a popularização da Internet. O TNV sabe que discos vazam. E sabe que blogs como este vão postar, e que as pessoas vão querer ouvir. Eles entendem que isso, voltando aos interesses primários de quem produz arte com sinceridade, é uma coisa boa — a propagação da obra da banda. Nós postamos um trabalho porque acreditamos nele, nos identificamos com ele, e queremos que o máximo de pessoas compartilhe a experiência. A intenção é promover um artista do qual gostamos muito, e não vai ser dizendo “compre esse disco e depois escute, você não vai se arrepender” que isso será possível. Não nos dias de hoje. Ainda bem. Quando se usa o cérebro, tudo fica melhor.

Born Again Revisited é o quarto álbum do Times New Viking, o segundo pela Matador. Segue mantendo o altíssimo nível dos três que o precederam. De acordo com a banda, desta vez a fidelidade sonora está 25% maior do que em Rip It Off, lançado no ano passado. A mudança é perceptível; o resultado é menos áspero aos ouvidos. A master em VHS (sim!) — em substituição ao cassette dos outros álbuns — propicia um som quente,  quase agradável em alguns momentos (pasme). Vinte e cinco por cento menos lo-fi. Continuando nesse ritmo, daqui a uns cinco ou oito discos eles estão tocando no rádio.

Então baixe Born Again Revisited, e depois se faça o favor de clicar no banner abaixo e aproveitar a promoção foda que a Matador está oferecendo para quem fizer a pré-encomenda. (Bom, não custa tentar. O site não diz em lugar nenhum que não estejam rolando encomendas internacionais, mas eu não consegui finalizar a compra. Quem conseguir avisa aí!)

Times New Viking - Born Again Revisited
Times New Viking - Half Day In Hell
Times New Viking - Move To California

Mike Rep And The Quotas – Stupor Hiatus Vol. 2

20/06/2009

stupor hiatus

Stupor Hiatus Vol. 2 [1992] <- Download

As primeiras gravações conhecidas de Mike “Rep” Hummel datam aproximadamente de 1975. Foi quando ele registrou em sua casa, entre outras faixas, Rocket To Nowhere e Quasar; que viriam a compor seu primeiro single, lançado pelo selo Moxie apenas em 1978. Numa época em que reinava nas rádios americanas a disco music, ao lado de baladas ultra-polidas e de hard-rocks sulistas virtuosos, não é de se estranhar que a repercussão do compacto tenha sido ínfima — se é que alguma. Não obstante, Hummel manteve-se prolífico nos anos seguintes, acabando por desempenhar um papel crucial no movimento de gravação caseira que viria a explodir na década de 90.

Se Ohio, sua terra natal e residência até os dias atuais, pode ser considerada com justiça a Meca da produção lo-fi mundial, muito se deve à assinatura “LFW” (Lovingly Fucked With), que estampa todo disco a contar com seus talentos de produtor. Foi “amorosamente fodida com” Mike Rep uma enorme lista de bandas de Ohio; entre elas o Guided By Voices, no clássico Propeller, e, mais recentemente, o Times New Viking.

Stupor Hiatus foi lançado em 1992 pela Siltbreeze, reunindo gravações de várias épocas, desde Rocket To Nowhere. As 13 faixas entregam as idéias mais diversas, de influências do pop dos anos 60 e do protopunk (inclusive há uma versão de Sister Ray, do Velvet Underground) até sons que chegam a se aproximar do absurdismo do Ween. Mas, assim como no GBV — e na maioria das bandas com que Mike trabalha —, o mais importante são as canções. E todas aqui valem a pena.

Mike Rep And The Quotas - I Resign
Mike Rep And The Quotas - Basket Of Flowers
Mike Rep And The Quotas - Rocket To Nowhere

Times New Viking – Dig Yourself

31/03/2009

Dig Yourself [2005] <- Download

Mais um disco de uma das bandas atuais preferidas deste blog. Dig Yourself, de 2005, é o primeiro lançamento do Times New Viking, grupo de Ohio que conta com Jared Phillips (guitarra), Adam Elliot (bateria/vocal) e a estonteante Beth Murphy (teclado/vocal). Formado em 2004, o TNV lançou ano passado seu terceiro álbum, o magistral Rip It Off, já postado aqui no Last Splash.

Na estréia, o trio é brutalmente barulhento. Seus vizinhos podem ter a impressão — se você, garoto(a) prudente, for adepto do suicídio auditivo coletivo, em detrimento dos perigosos fones de ouvido — de que tem uma banda de verdade ensaiando no apartamento ao lado.

O Times New Viking é de verdade mesmo.

Times New Viking - Dance Walhalla
Times New Viking - Not High

Times New Viking – Rip It Off

09/02/2009

times new viking

Rip It Off [2008] <- Download

Talvez seja bom abaixar um pouco o volume das suas caixas, este disco é mais alto do que os que você tem aí. E tome cuidado ao ouvir em headphones. Se sua cabeça não girar 360º, ou pelo menos um sorrisinho iluminar seu rosto, é possível que você não esteja no blog certo.