Posts Tagged ‘superchunk’

Superchunk – Majesty Shredding

09/09/2010

Majesty Shredding [2010] <- Download

Cumprindo a promessa selada pelo EP Leaves In The Gutter, de 2009 — que rompeu, com um estrondo, o silêncio de quase dez anos —, o novo álbum do Superchunk sai oficialmente pela Merge no dia 14 deste mês (compre aqui). Majesty Shredding, que acaba de vazar, traz as esmagadoras Digging For Something e Crossed Wires, já lançadas em singles recentes, e o grande hit ensolarado Learned to Surf, em versão ligeiramente diferente da que abre Leaves In The Gutter.

Com eventuais e discretas adições de teclados e cordas em meio ao mar de distorção, as demais faixas mantêm o alto nível. Majesty Shredding é um dos melhores lançamentos do Superchunk e de 2010; feito ainda mais incrível quando se dá conta de que este é o nono disco de uma banda que já ultrapassou duas décadas de carreira.

Superchunk – Crossed Wires 7″

27/07/2009

crossed

Crossed Wires [2009] <- Download

Crossed Wires é o mais novo single do Superchunk. A faixa foi lançada exclusivamente em vinil, com uma tiragem de 1000 cópias acompanhadas por um download card que dá acesso à versões em mp3 do single, do b-side Blinders e de uma faixa demo. Crossed Wires e Blinders foram gravadas recentemente, junto com outras músicas que devem entrar no próximo álbum da banda. Quem baixou o também recém-lançado Leaves In The Gutter sabe que vem coisa boa pela frente.

Crossed Wires

Superchunk – Leaves In The Gutter

24/06/2009

chunk
Leaves In The Gutter [2009] <- Download

EP lançado em abril para não deixar passar em branco os 20 anos do Superchunk, uma das bandas mais postadas aqui no Last Splash. Leaves In The Gutter tem riffs e um clima alto astral que remetem ao som que eles faziam na metade dos anos 90, mais precisamente em Here’s Where the Strings Come In, de 95.

Learned To Surf

Portastatic – Some Small History

05/05/2009

portastatic

Some Small History [2008]

CD 01, CD 02 <- Download

No final dos anos 80, Mac McCaughan começou a registrar, num estúdio portátil, composições que não combinavam com o repertório de sua banda principal, o Superchunk. Gravada na cozinha de sua casa durante uma das primeiras sessões – mas lançada somente em 92, por insistência de um amigo —, a genial Starter marca o início do Portastatic. O projeto solo lo-fi acabou virando uma banda de verdade, que ao longo de seus 10 discos migrou da tosqueira para um som mais pop, sem que sua essência fosse comprometida. Some Small History cobre todo este processo, reunindo em 2 CDs raridades, b-sides e covers.

Como sugere o título, aqui você encontra pequenas histórias; suficientemente verdadeiras para te lembrar de várias passagens da sua própria adolescência loser: ficar a fim de uma menina magrela de óculos; não conseguir fumar um cigarro amassado em seu bolso; se empolgar quando uma nova garota chega na vizinhança; gostar de alguém e ao mesmo tempo não querer freqüentar suas festas, nem falar com seus amigos. Os dois últimos exemplos são regravações de clássicos do Undertones e Galaxie 500, que funcionam muito bem no contexto da coletânea, tão bem quanto as músicas de McCaughan.

Starter
Too Trashed to Smoke
Trajectory

Tribute To Beat Happening

15/03/2009

fortune cookie prize

Fortune Cookie Prize [1992] <- Download

Fortune Cookie Prize é um tributo ao Beat Hapenning que saiu em 92 pela Simple Machines. O nome do disco vem do título de uma das faixas de Dreamy, lançado pelo trio de Olympia em 91, mesmo ano em que o tributo foi gravado. Vários ícones do rock alternativo americano participaram desta homenagem à banda de Calvin Johnson, entre eles o casal Thurston Moore e Kim Gordon, Lou Barlow, Velocity Girl, Superchunk e Unrest. Precisa dizer mais alguma coisa?

Thurston, Kim + Epic - Black Candy
Leaky Chipmunk - Our Secret